Instagram

Instagram has returned invalid data.

Siga o Mamute!

Espanha Madrid Mamute Cultural

Conheça a obra de grandes artistas espanhóis em Madrid, Barcelona e mais!

18 de julho de 2020
Arte espanhola, museus na Espanha

Entre outras coisas, a Espanha é famosa pela arte produzida pelos artistas desta terra, criativos, inovadores e cujo trabalho permanece bastante relevante não só no país, mas a nível mundial. Sobretudo dentro das artes visuais, como é o caso de Picasso, Dalí e Miró, não foi à toa que os artistas espanhóis ganharam destaque no cenário mundial. Por isso, a Oficina de Inverno preparou uma lista para ajuda-lo(a) a montar um roteiro turístico pelos locais ligados aos artistas espanhóis.

Assim, aqui você vai conhecer a arte espanhola em quatro cidades do país: Madrid, Barcelona, Málaga e Sevilha. São importantes cidades da Espanha e que tem muito a oferecer quando o assunto é arte.


4 cidades para conhecer a obra dos artistas espanhóis

Conforme dissemos, a nossa lista percorre importantes cidades da Espanha para que você possa conhecer os grandes artistas espanhóis. Vamos lá então?

1. Madrid: destaque para Museu do Prado e Museu Reina Sofía

Para começar a sua incursão pelo mundo dos artistas espanhóis em Madrid, visite o Museu do Prado (consulte o site aqui). É uma das principais instituições do tipo não só na Espanha, mas de grande importância em escala mundial. O local, inaugurado em 1819, reúne obras não só de Pablo Picasso, como de outros importantes nomes espanhóis. São exemplos os trabalhos de Diego Velázquez (destaque para “As Meninas”) e Francisco de Goya.

O Museu do Prado compõe o famoso roteiro de arte na capital espanhola, o Paseo del Arte, que inclui ainda uma série de outros nomes, como veremos adiante. Confira aqui o mapa completo desse roteiro.

Vídeo publicado pelo canal Museo Nacional Centro de Arte Reina Sofía, no YouTube

É no Museu Reina Sofía (visite aqui o site oficial) que você vai encontrar um dos quadros mais famosos de Picasso, o mural “Guernica”, na qual Picasso retratou o bombardeio da cidade em 1937, durante a Guerra Civil Espanhola. Ali você também vai encontrar obras de Salvador Dalí, Joan Miró e Juan Gris. Confira aqui as informações sobre o horário de funcionamento e valores dos ingressos.

Além disso, vale a pena visitar também o Museu Thyssen-Bornemisza, que também compõe o Paseo del Arte e reúne uma coleção substancial de trabalhos dos artistas espanhóis.

2. Barcelona: Gaudí, Miró e Picasso

Em Barcelona, o seu roteiro de arte vai passar por locais ligados aos trabalhos de três grandes nomes da Espanha: o arquiteto Antoni Gaudí e os pintores Joan Miró e Pablo Picasso. A capital da Catalunha é muito rica quando se trata de arte e você vai poder conhecer mais sobre ela abaixo.

– Antoni Gaudí

Artistas espanhóis, Barcelona

Artistas espanhóis: a igreja Sagrada Família, em Barcelona, é um dos projetos do arquiteto Antoni Gaudí na cidade

Para começar, Gaudí. Visite a Sagrada Família, o famoso templo projetado pelo arquiteto espanhol. Mesmo após tanto tempo desde o início da construção, em 1882, o Templo Expiatório da Sagrada Família continua em obras. Com a morte de Gaudí em 1926, a obra ficou inacabada e passou a ser tocada por outras pessoas, com base no projeto que ele desenvolveu. Ao ser concluída, a igreja deverá ter 18 torres. O local é parte importante da história de Barcelona e bastante simbólica do ponto de vista religioso.

Outro ponto importante relacionado a Gaudí é o Parque Güell. O parque reúne não só as plantas e jardins, como esculturas de Gaudí, formando um cenário curioso e muito interessante. Ele, bastante ligado às formas da natureza e figuras geométricas, desenvolveu ali obras bastante características do seu estilo. Em 1984, foi declarado Patrimônio da Humanidade pela UNESCO. Dentro do Parque Güell você vai encontrar ainda a Casa Museu Gaudí. Residência do arquiteto transformada em museu, hoje reúne móveis e objetos criados por Gaudí.

Ainda sobre Gaudí, vale a pena visitar outros dois locais: a Torre Bellesguard, Casa Batlló e La Pedrera.

– Pablo Picasso

Vídeo publicado pelo canal Rick Steves’ Europe, Barcelona, no YouTube

Em Barcelona, você também vai encontrar o Museu Picasso de Barcelona. Assim como o museu de Málaga, este espaço também está dedicado à obra do pintor espanhol que viveu durante muitos anos em Barcelona. A instituição está organizada de acordo com as fases da vida de Picasso, ajudando o visitante a contemplar a sua evolução artística. O acervo está dedicado, de maneira especial, aos anos de formação de Picasso como artista. Foi ele próprio, aliás, que propôs a criação deste museu, inaugurado em 1963. Vale a pena a visita!

– Joan Miró

Vídeo publicado pelo canal Fundació Joan Miró, Barcelona, no YouTube

Para fechar a lista de Barcelona, não poderíamos deixar Joan Miró de fora. O escultor, pintor, gravurista e ceramista, nascido em Barcelona, também tem seu lugar de prestígio na capital da Catalunha. Ali você vai encontrar a Fundação Joan Miró, localizada no Parque de Montjuïc. Do ponto de vista arquitetônica é uma preciosidade, mas o seu valor não termina aí. Assim, o centro cultural, idealizado pelo próprio Miró, reúne importantes trabalhos do artista espanhol. Aberto em 1975, é também um espaço que realiza exposições de artistas dos séculos XX e XXI, além de ter uma forte veia educacional.

3. Málaga: Museu e Fundação Picasso

Vídeo publicado pelo canal Museo Picasso Málaga, no YouTube

A cidade portuária de Málaga tem muito mais a oferecer, mas nesse post nos concentraremos na sua história com Pablo Picasso, já que se trata da cidade natal do pintor espanhol. Inaugurado em 2003, o Museu Picasso de Málaga possui uma série de obras do artista doadas pela família. Ali, você vai conhecer um lado mais pessoal do pintor e é uma visita imperdível na cidade sobretudo pelo seu valor histórico. Vale lembrar, aliás, que é preciso fazer registros fotográficos no local. Quanto à Fundação Picasso, trata-se da casa onde o pintor nasceu e viveu durante a infância, aberta à visitação.

4. Sevilha: Catedral de Sevilha

Para fechar a nossa lista de artistas espanhóis e suas obras, uma visita até Sevilha. Por lá, conheça a imponente Catedral de Sevilha. Para além da rica arquitetura, você vai ver a rica coleção de obras de arte abrigada ali. Aliás, uma curiosidade a respeito desta Catedral é que vários nomes importantes da história espanhola estão sepultados ali. É o caso, por exemplo, de Cristóvão Colombo, velho conhecido das aulas de história. Além disso, você também pode fazer o tour nos telhados e ter uma vista privilegiada da cidade de Sevilha, o que é um bônus nessa maravilhosa visita.


Saiba mais sobre a Espanha!


E então, gostou de saber mais sobre os artistas espanhóis? A riqueza da arte produzida por eles continua relevante nos dias atuais e uma visita a pelo menos uma desses locais, ligado à história e à obra destes grandes nomes, certamente vai tornar a sua viagem ainda melhor. Além disso, para não perder nenhuma dica de viagem, siga também o nosso perfil no Instagram (@oficinadeinverno)!

* Foto da capa: Museu Nacional de Arte da Catalunha – créditos: Kristijan Arsov/Unsplash

    Leave a Reply