Espanha Frio Intenso e Moderado

Veja o que levar na mochila para Santiago de Compostela no frio

25 de julho de 2020

A viagem à Santiago de Compostela é um caminho de peregrinação que muitas pessoas percorrem todos os anos. Símbolo forte de religiosidade na Espanha, a cidade é a capital da região da Galiza. Há diversos caminhos para Santiago, como o francês (a partir de Saint-Jean-Pied-de-Port), o inglês e a partir de Portugal, saindo de diferentes cidades portuguesas, como Lisboa. Para uma rota tão longa e cheia de obstáculos pelo caminho, é essencial estar bem preparado física e psicologicamente. Além disso, saber o que levar na mochila para Santiago de Compostela faz toda a diferença. Em especial, as roupas certas para o clima local de acordo com a estação do ano.

Neste post, a Oficina de Inverno ensina então como se vestir em Santiago de Compostela, o que levar na mochila e como se preparar de maneira adequada. É preciso ser minimalista nesta missão. Vamos lá então?


O clima em Santiago de Compostela

Selecionamos o guia de como se vestir em Santiago de Compostela em duas estações do ano: primavera (entre março e junho) e outono (entre meados de setembro e dezembro). Na primavera as temperaturas são mais amenas e as noites mais frias. Durante o outono, o frio é mais intenso, especialmente à noite.

O verão é impraticável por causa do calor e durante o inverno o frio que amamos acaba tornando-se um obstáculo muito difícil para uma caminhada de tantos dias – mas há aqueles que escolhem essa época, não é impossível.

Sobre o clima, aliás, é interessante lembrar que, ao fazer o Caminho de Santiago, você vai passar por diferentes cidades. Nesse sentido, é preciso conhecer o clima não só na cidade de Santiago de Compostela, como nas demais, que irão depender de qual caminho você escolheu. Em algumas delas o frio poderá estar mais ameno, em outros mais intenso. Por isso, é tão importante aliar o seu planejamento sobre o que levar na mochila como uma pesquisa criteriosa da previsão do tempo nas cidades pelas quais você irá passar. Sugerimos que você utilize o site AccuWeather para esta tarefa.

Previsão do tempo

Confira abaixo as temperaturas em cada mês da última primavera e do outono passado na cidade de Santiago de Compostela para entender melhor como fazer esse planejamento:

Para um melhor planejamento, é interessante fazer essa pesquisa para cada cidade que você vai passar durante o mês em que fará a peregrinação. Entretanto, é possível preparar-se também levando em conta o tipo de clima durante cada estação: seja o frio ameno, moderado ou intenso.


O que levar na mochila para Santiago de Compostela

Ao escolher o que levar, é necessário ter em mente o que é essencial para mantê-lo(a) aquecido(a), mas sem esquecer que também é essencial manter tudo leve e simples, o máximo possível. Afinal de contas, você carregará a sua mochila por várias horas e vários dias, não é mesmo?

1. Roupa Super Térmica

A primeira camada na hora de se vestir é essencial para manter o corpo bem aquecido no frio. Para a sua viagem para Santiago de Compostela no frio, a roupa Super Térmica é imprescindível. Indicada para o frio intenso em diferentes estações do ano, a roupa Super Térmica é indispensável nos dias com temperatura abaixo de 8°C.

Na viagem para Santiago de Compostela levar a Super Térmica é muito importante não só porque você estará bem protegido do frio – a primeira cada de roupa é responsável por reter o calor corporal, mantendo o corpo aquecido -, como você também você terá um kit de roupas bastante versátil. Isto porque a Super Térmica vai ocupar pouco espaço na mochila e poderá ser usada sozinha quando a temperatura estiver mais amena.

Na caminhada, uma peça como a Super Térmica ajuda muito pois não pesa e facilita bastante a mobilidade nas caminhadas. Mesmo depois de um dia inteiro de caminhada, você não estará tão desconfortável, já que o tecido possui controle de suor. É por isso que enfatizamos que a escolha de peças multifuncionais e leves é fundamental para o sucesso desta viagem.

A roupa Super Térmica da Oficina de Inverno diferencia-se de outras roupas térmicas do mercado pelos seguintes motivos:

  • tecido interno peluciado, com tecnologia que absorve o suor do corpo;
  • tecido produzido com material respirável, que se adapta às mudanças de temperatura;
  • isolamento térmico eficiente;
  • tecido com nanopartículas de prata que dificultam a proliferação de bactérias – assim você pode usar a peça por até 7 dias sem precisar lavar

2. Meia térmica Super Snow

Meia térmica funciona?

Manter os pés bem aquecidos durante a peregrinação é fundamental. Para isso, não deixe de levar o seu par de meias térmicas Super Snow. Produzida com lã natural (40% da composição), a peça proporciona aquecimento e isolamento térmico. Além disso, possui controle de suor, o que significa que os seus pés permaneceram sequinhos durante toda a viagem.

3. Faixa térmica Nevasca

A faixa térmica Nevasca é outro acessório importante para proteger do vento e o frio. Produzida com microfleece, é uma boa forma de manter as orelhas aquecidas durante toda a viagem! A faixa térmica é mais prática, mais leve e ocupa pouco espaço na mochila – o que é fundamental em uma viagem de vários dias com uma mochila nas costas, como é o caso da peregrinação para Santiago de Compostela. Se você não se adaptar com a faixa térmica, uma outra opção é usar o gorro de fleece, que é térmico.

4. Gola Térmica Nevasca

Acessórios térmicos - gola térmica

Conforme você pode perceber, as peças térmicas são essenciais na viagem e vão fazer realmente a diferença. O quarto item da lista é a Gola térmica Nevasca, que possui uma série de vantagens. Lembre-se que você tem pouco espaço na mochila e quanto mais leve ela for, mais confortável será fazer esta peregrinação. Nesse sentido, a gola térmica Nevasca é mais leve e ocupa menos espaço que um cachecol. Além disso, a peça protege não apenas o seu pescoço, como também o rosto (a gola pode ser usada até a altura do nariz). Assim, você estará protegido(a) do frio e de pegar um resfriado no meio da viagem.

5. Luva térmica com touch

O que levar na mochila para Santiago de Compostela

Funcionando como uma luva segunda pele térmica, é uma peça que vai te tirar do sufoco em vários sentidos. No frio, é essencial proteger as extremidades do corpo contra o frio e nesse ponto a Luva Térmica com Touch age de forma perfeita. As extremidades do corpo (pés, mãos e cabeça) são os locais que mais sofrem com quedas de temperatura. É difícil até raciocinar direito quando o frio aumenta. Por isso, é preciso estar bem aquecido. Além disso, essa pode ser usada com outra luva por cima tranquilamente. Em temperaturas mais amenas, você pode ficar apenas com a luva térmica.

Essa peça é ideal para proteger as mãos do frio e mesmo assim continuar registrando os melhores momentos da peregrinação. Isto porque a peça é equipada com touch nas pontas dos dedos, permitindo o uso do celular sem precisar retirá-la. Saiba mais sobre a luva térmica aqui!

6. Casaco Winter Explorer

Imagine que você está caminhando e o tempo muda de repente, com muito vento e chuva. O casaco Winter Explorer vai ser o seu grande amigo nessa hora, já que é uma peça impermeável e corta vento. Isso quer dizer que você estará totalmente protegido das intempéries do caminho. Não esqueça de colocar o capuz e siga viagem tranquilamente!

O casaco Winter Explorer protege você do frio de até -15°C e ajusta-se bem a diferentes temperaturas. Isto acontece porque é formado por duas jaquetas acopladas. A jaqueta externa possui tecido respirável e sozinha é indicada para as temperaturas 12°C a 20°C aproximadamente. Por outro lado, a jaqueta interna é produzida com microfleece e, sozinha, é indicada para temperaturas de 10°C a 25°C.

Por isso, o uso do casaco Winter Explorer é bastante flexível: estas duas jaquetas podem ser usadas juntas ou separadamente. Assim, você pode usar a peça em uma grande amplitude de temperaturas, do frio mais leve ao mais rigoroso, intenso. Com isso, você pode ir adaptando o uso do casaco a diferentes situações: se o dia estiver com um frio ameno, utilize apenas a jaqueta interna. Se for um dia de frio ameno, mas com vento e chuva, opte pela jaqueta externa. Agora se o frio estiver intenso, com chuva e vento, não deixe de usar as duas jaquetas juntas.

Um componente extra que torna tudo mais prático é o bolso deste casaco, nas duas laterais da peça. Na caminhada, você pode deixar itens mais importantes ou que você usa com recorrência nos bolsos do casaco, evitando assim ter que parar a todo momento para pegar algo na mochila.

7. Blusa de frio (precisa ser de um tecido que seque rápido ou você pode levar mais de uma roupa térmica)

8. Calça impermeável e não impermeável

9. Roupas íntimas

10. Pijama (se achar necessário e tiver espaço na mochila);

11. Bota de trekking (esse é um ponto crucial);

12. Saco de dormir

13. Capa de chuva.


Saiba mais sobre como se vestir no frio

Para ajudar você a se vestir no frio de forma apropriada, você pode conferir outros conteúdos que ensinam tudo o que você precisa saber, por temperatura:

  • Como se vestir no frio (leia aqui)
  • E-book Como se vestir no frio (baixe aqui)
  • A roupa térmica indispensável para se proteger do frio (leia aqui)
  • Veja os acessórios térmicos essenciais para o frio intenso (leia aqui)

Ainda tem dúvidas sobre o que levar na mochila para Santiago de Compostela? Então entre contato conosco agora mesmo, estamos a postos para descongelar qualquer dúvida! Deixe sua mensagem na caixa de comentários abaixo ou fale conosco pelo Instagram @oficinadeinverno aqui.

    Leave a Reply