Instagram

Instagram has returned invalid data.

Siga o Mamute!

Chile Esquimós de Estilo

Atacama: veja dicas de looks para 5 passeios imperdíveis

30 de setembro de 2019
Calça de tricot

Com cerca de mil quilômetros de extensão, o Deserto do Atacama é um dos destinos mais procurados do Chile por intrépidos aventureiros que buscam nas belezas naturais do local um refúgio e a vivência de novas experiências. E olha, nisso o Atacama é rei! Tanto que resolvemos voltar a falar do destino! Sabemos que muitos dos nossos mamutes viajantes estão de olho nesse destino para a próxima viagem. Por isso, dessa vez, a Oficina de Inverno traz um combo: dicas de 5 passeios imperdíveis no Deserto do Atacama e dicas com o que vestir no Atacama. Tudo com muito conforto, aquecimento e estilo, de viajante para viajante! Topa seguir viagem conosco?


Clima no Deserto do Atacama

Não é à toa que o Atacama recebeu o título de deserto mais seco do mundo. O clima por lá é seco e frio e até a chegada de uma chuva inesperada teve efeito diverso do esperado. Segundo uma matéria do site Ciberia,

Acredita-se que o Atacama permaneceu em um estado permanentemente hiperárido durante cerca de 15 milhões de anos – e não há registros de que tenha visto chuvas significativas nos últimos 500 anos.

Isso mudou abruptamente há alguns anos, quando o deserto passou por períodos de chuva incrivelmente raros em março e agosto de 2015, e depois novamente em junho do ano passado. A longa seca terminou, e também “terminaram” outras coisas: formas de vida que evoluíram para suportar um ecossistema hiperárido – e que não conseguiam lidar com a chuva súbita.

“Quando as chuvas chegaram ao Atacama, esperávamos que as flores e os desertos voltassem à vida”, diz o astrobiólogo Alberto Fairén, da Universidade de Cornell. “Em vez disso, percebemos o contrário, pois descobrimos que a chuva no centro hiperárido do deserto de Atacama causou uma extinção em massa da maioria das espécies”.

Para o clima no inverno, alguns itens são essenciais para uma viagem confortável:


5 passeios imperdíveis no Atacama e o que vestir no Atacama

Agora que as apresentações foram feitas e você já conhece um pouco mais sobre o Deserto do Atacama, vamos ao assunto do nosso post: as nossas indicações de passeios e as dicas de looks para usar em cada um deles. Vale lembrar que os passeios com menor altitude possuem temperaturas mais amenas, que aumentam à medida que você está em maiores altitudes. Vem com a gente!

1. Vulcão Licancabur

Deserto do Atacama o que vestir

Este vulcão fica na fronteira entre o Chile e a Bolívia e possui 5.920 metros de altitude.

2. Lagunas Altiplânicas e Piedras Rojas

o que vestir no atacama

A mais de 4.000 metros de altitude, a combinação entre os dois locais é uma excelente pedida.

3. Gêiseres del Tatio

o que vestir no atacama

Uma das coisas mais legais do passeio é observar o contraste da água quente que sai dos gêiseres com o clima gelado no ambiente externo. Por isso, indicamos que você marque a saída para antes do amanhecer. Nós garantimos que vale a pena acordar bem cedo para curtir esse momento incrível!

4. Valle de la Luna

o que vestir no atacama

Localizado na Cordilheira de Sal, o Valle de la Luna recebeu esse nome por ter um solo que lembra a superfície lunar. As médias por aqui variam entre 24,5°C e 17,1°C.

5. Laguna Cejar

o que vestir no atacama

Um dos passeios mais requisitados pelos turistas, a Laguna Cejar tem um divertido diferencial para os visitantes que mergulham em suas águas. Acontece que a concentração de sal na água é tão grande que o corpo simplesmente flutua. Imperdível!


Outros cuidados na viagem para o Deserto do Atacama

Além da escolha dos melhores passeios e roupas de frio para usar na viagem, outros cuidados são essenciais para quem vai viajar para o deserto do Atacama. E esses cuidados são com a saúde! De nada vale estar em um local tão extraordinário e não estar bem para curtir cada momento, né? Confira, então, as nossas dicas para garantir que tudo fique perfeito:

  • Não esqueça o protetor solar
  • Hidratante para a pele e lábios são essenciais
  • Óculos escuros e chapéu são uma ajuda e tanto!
  • Beba muita água, sempre!
  • Para se aclimatar, ou seja, se adaptar às altitudes do local, comece a viagem fazendo os passeios que possuem altitude mais próxima ao nível do mar e vá aumentando gradativamente. O chá da folha de coca também ajuda e é muito fácil encontrar por lá.

Como se vestir no frio: baixe nosso e-book GRÁTIS!

Se você busca mais informações sobre estilo, os fios que mais aquecem, quais tipos de tecidos são mais indicados para o frio, não deixe de conferir o nosso e-book “Como se vestir no frio”. Material gratuito produzido pelo nosso time de especialistas, o guia contém tudo que você precisa saber sobre como se vestir no frio com conforto e estilo. Para baixar, basta acessar este link.

Já falamos sobre o destino no post “Que surpresas o Deserto do Atacama reserva? Veja dicas de viagem!” e, por isso, não nos detivemos tanto nos detalhes sobre cada passeio, mas nas dicas de estilo. Se você deseja saber mais sobre o clima no Deserto do Atacama, como chegar ao local, onde ficar hospedado, entre outras informações, vale a pena conferir também este post!

Quer saber mais sobre o que vestir no inverno em diversos destinos de viagem pelo mundo? Então não deixe de seguir o perfil da Oficina de Inverno no Instagram, clicando aqui. Você também pode entrar em contato conosco deixando seu comentário na caixinha abaixo ou enviar um e-mail para contato@oficinadeinverno.com.br. Os Mamutes da Oficina de Inverno estão a postos para descongelar qualquer dúvida!

Para conferir o nosso catálogo e comprar as nossas roupas de frio super quentinhas, visite o nosso iglu virtual em www.oficinadeinverno.com.br ou dirija-se a uma loja física mais próxima. Estamos em Goiânia (Shopping Bougainville), Fortaleza (bairro Meireles), Recife (Boa Viagem) e Teresina (Jockey).

* Foto da capa: a viajante Melissa Sanches (@melissa.sanches.52) veste a nossa legging Nevasca e a blusa de frio Aran em viagem ao Deserto do Atacama. Nos pés, ela usou bota para trilhas, que são as mais indicadas para fazer caminhadas em locais com pedras e/ou umidade.

    Leave a Reply