Instagram

Siga o Mamute!

Mamute Cultural Nova York

Melhores destinos: 7 pontos turísticos de Nova York, nos EUA

4 de Janeiro de 2019
Pontos turísticos de Nova York

Não é à toa que Nova York está sempre bem posicionada entre os melhores destinos do mundo. Na categoria Nova York do blog (que você encontra aqui), há diversos conteúdos sobre a cidade. No entanto, para você que quer montar um roteiro com os principais pontos turísticos de Nova York, a Oficina de Inverno traz uma lista com 7 opções que podem ser divididas em mais ou menos dias – vai depender do tamanho da viagem e da sua disposição!

O legal de se aventurar por essa cidade é que, se você é um cinéfilo como a gente, vai se sentir em set de filmagens e poder ver de pertinho alguns dos cenários dos seus filmes favoritos.

1. PONTOS TURÍSTICOS DE NOVA YORK: CENTRAL PARK

Pontos turísticos de Nova York

Outono no Central Park é bom demais! – Foto: Victoria Bilsborough/Unsplash

Impossível começar essa lista por outro ponto turístico! O parque povoa o nosso imaginário, com imagens que chegam por seriados e filmes. O Central Park foi inaugurado em 1857 e desde lá encanta locais e turistas. Segundo dados de 2018 do Central Park Conservancy, mais de 42 milhões de pessoas visitam o local anualmente.

O projeto é dos arquitetos Frederick Law Olmsted e Calvert Vaux. A área total do parque é de 341,15 hectares.

Por lá, sempre tem uma atração para ser vista, esculturas (como a de Alice no País das Maravilhas, uma das favoritas da atriz Whoopi Goldberg), pontes, lagos, fauna e flora exuberantes… Tem até um memorial em homenagem ao cantor John Lennon. Ou o Shakespeare Garden (Jardim de Shakespeare), criado em 1913, com flores e plantas mencionadas nos poemas e peças do famoso escritor inglês.

2. EMPIRE STATE BUILDING

Pontos turísticos de Nova York

O Empire State Building é uma das construções mais icônicas de Nova York – Foto: alexander Hipp/Unsplash

O Empire State Building é um prédio de 102 andares, localizado no centro de Manhattan e localizado em umas das avenidas mais famosas, a 5th Avenue. Considerando a torre de antena, o Empire State chega a 443 metros de altura. O edifício também conta com observatórios e os valores variam de acordo com a temporada do ano. O site é bastante intuitivo e conta com tradução para o português, o que torna a navegação mais fácil. Os tickets podem ser adquiridos aqui.

Lembra do filme King Kong, quando ele sobe no topo de um prédio? Pois bem, é o Empire State Building. Como dissemos no início do post, a cidade tem uma relação muito forte com a cinematografia norte-americana.

O Empire State Building figurou na lista Traveller’s Choice 2018, do site Trip Advisor, com  o top 10 das landmarks dos EUA, aqueles locais que já são característicos e facilmente reconhecíveis como parte da identidade americana.

Depois de visitar o famoso prédio novaiorquino, você pode visitar outros locais nas redondezas. Muito perto dali estão o Madison Square Garden e Park (a 10 minutos e 11 minutos de distância, respectivamente), Theater District (13 minutos a pé) e Times Square (14 minutos de distância).

3. TOP OF THE ROCK OBSERVATION DECK

 

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

amazing new york ❤️ #topoftherock #rockefellercenter

Uma publicação compartilhada por 𝐕𝐞𝐫𝐨𝐧𝐢𝐤𝐚 𝐇. (@veronika.abroad) em

Já que estamos falando de grandes alturas e vista privilegiada da Big Apple, convém lembrar de outro lugar maravilhoso da cidade: o Top of the Rock Observation Deck, no Rockefeller Center, localizado no centro de Midtown Manhattan. Para chegar até ele, é preciso subir 70 andares.

O preço inicial dos ingressos é de US$ 36 dólares para adultos, US$ 30 para crianças entre 6 e 12 anos e US$ 34 para idosos. Também estão disponíveis acessos vips por US$ 85. Outra opção é a visita guiada pelo Rockefeller Center, por US$ 25. Os tickets estão disponíveis aqui.

Um breve resumo da história da construção do Rockefeller Center, um dos prédios mais icônicos de Nova York, é contado neste vídeo, do canal Smithsonian Channel.

O edifício foi construído em meio a um crise, a Grande Depressão, resultado do crash da bolsa de Nova York, em 1929. A obra custou US$ 250 milhões, o que representa mais de US$ 2 bilhões em valores atuais.

4. BROOKLYN BRIDGE

Pontos turísticos de Nova York

A Brooklyn Bridge é outro cartão-postal da cidade – Foto: Brandon Day/Unsplash

A Brooklyn Bridge – ou ponto do Brooklyn – é um dos cartões postais da cidade desde 1883, quando foi inaugurada, após 14 anos de construção. Se você já leu esse post, sabe que a cidade é formada por cinco distritos. Brooklyn Bridge faz a ponte (licença trocadilho) com Manhattan. O número de veículos que atravessa a ponte diariamente já ultrapassa a marca dos 100 mil. Não é pouca coisa, né?

5. ESTÁTUA DA LIBERDADE

Você conhece a história desse monumento que é um dos símbolos da cidade de Nova York? Saiba que ela foi construída na França, desmontada e levada para os Estados Unidos, onde está presente desde 1885 e inaugurada em 1896, segundo informa esse artigo da revista Superinteressante. A estátua mede 93 metros, se considerarmos a base.

O material veiculado pela Superinteressante explica que:

“Oficialmente, o monumento foi idealizado para homenagear os Estados Unidos no centenário da sua independência e, ao mesmo tempo, celebrar as boas relações entre os dois países. Nos bastidores, porém, foi uma prova de força da sociedade secreta maçônica, da qual até o escultor, o francês Fréderic-Auguste Bartholdi (1834-1904) fazia parte. O trabalho começou em 1875 e exigiu dez anos. A “casca” foi feita com 80 toneladas de cobre norueguês, que, batido à mão, resultou nas formas da grande dama. O processo se assemelhou a um quebra-cabeça de muitas peças, montado sobre uma estrutura de aço projetada por Alexandre Gustave Eiffel (o mesmo da famosa torre parisiense)”.

6. PARQUES DE DIVERSÃO EM CONEY ISLAND

“Roda mundo, roda gigante”…. – Foto: STLLR Photo/Unsplash

Você certamente já viu uma dessas imagens pela internet ou nas redes sociais. Coney Island, a área residencial no sudeste do distrito de Brooklyn, conta com praia e os famosos parques de diversões, a exemplo do Deno’s Wonder Wheel Amusement Park e Luna Park.

Você pode aproveitar o parque durante a primavera e outono, mas durante o inverno os parques fecham. Ainda assim, vale a pena visitar o local, caminhar pela cidade e comer nos restaurantes especializados na culinária russa e ucraniana, herança dos imigrantes que chegaram na região ainda no século passado.

Para chegar até Coney Island, quatro linhas do metrô de Nova York estão disponíveis.

7. AMERICAN MUSEUM OF NATURAL HISTORY

O American Museum of National History – ou Museu Americano de História Natural – foi fundado em 1869 e, desde então, é não só um dos pontos turísticos de Nova York como uma das mais importantes instituições científicas e culturais do mundo.

O American Museum of Natural History conta com uma exposições em variados temas, exibição de filmes, além de programas educacionais. O local é um dos sets de filmagens do filme “Uma Noite no Museum”, protagonizado pelo ator Ben Stiller.

O museu está aberto diariamente, das 10h às 17h45 (horário local), exceto no Dia de Ação de Graças e no Natal. Existem três tipos de entradas – general admission, general admission + one e general admission + all – e os valores variam entre US$ 13 (general admission para crianças) e US$ 33 (general admission + all, para adultos). Os ingressos estão disponíveis neste link.

Se você quer conhecer um pouco mais sobre o museu antes da viagem e aprender mais sobre ciência e história, não deixe de conferir o canal do YouTube do museu. Por lá você encontra diversos conteúdos muito bacanas – e já aproveita para treinar sua compreensão do inglês falado!


Nova York é o seu destino da vez? Conte pra gente nos comentários ou no
Instagram. Sempre bom acompanhar as aventuras congelantes dos mamutes por aí e sonhar com as próximas viagens!

    Leave a Reply