Instagram

Instagram did not return a 200.

Siga o Mamute!

Argentina

El Chaltén: saiba o que fazer, quando ir e outras dicas

2 de Maio de 2019
El Chaltén

A Argentina possui três cidades ao Sul que dominam grande parte da atividade turística no país. Já falamos de duas delas (Ushuaia e El Calafate) e hoje a Oficina de Inverno traz mais informações sobre a terceira: El Chaltén. A cidade possui a fundação mais recente da Argentina, tendo sido criada em 1985 com um objetivo claro: preservar território na fronteira com o Chile na região da Patagônia. O que a cidade tem de pequena tem de charmosa.

A Mamute Júlia Evangelista, uma das fundadoras da Oficina de Inverno, viajou em 2018 para a Patagônia e contou tudo no Instagram – o perfil é @oficinadeinverno e você pode acompanhar tudo no destaque “Patagônia”. Ela viajou para o país com a “difícil” missão de testar a linha Winter Explorer, recém-lançada à época. A mamute Júlia viajou para El Chaltén a partir de El Calafate, cidade vizinha e que já falamos neste post. O percurso entre as duas cidades tem 214 quilômetros e dura cerca de três horas.


Impressões sobre El Chaltén

Cercada de montanhas, El Chaltén é também a menor cidade entre as três – o que, convenhamos, dá um charme a mais. No local, um dos principais passeios feito pelos turistas é realmente a trilha. Essa é uma cidade aventureira por excelência. Vá preparado para aventuras congelantes!

Júlia conta que “as trilhas vão desde 1 hora para ir e outra para voltar até 6 horas [de duração]. Você faz o seu trajeto, tem quem acampa também dentro do parque. El Chaltén o que tem para fazer é isso: conhecer a natureza, fazer trilhas, essas coisas. Para quem não gosta tanto dessa parte mais aventureira, El Calafate tem mais atividades. Mas para quem gosta, El Chaltén é o destino!”.

El Chaltén é também uma cidade para caminhar e conhecer cada parte. Sendo tão jovem e pequena, não faz muito sentido passear em algum tipo de transporte. Uma das principais características de El Chaltén é o quanto ela é calma. Para quem está acostumado com destinos de viagem onde a correria impera, vai gostar da calmaria por lá. Por isso, não visite a cidade em busca de agitação: esse não é o perfil de El Chaltén.


O que fazer em El Chaltén

Conforme a Mamute Júlia Evangelista explicou, El Chaltén é uma cidade para ter contato com a natureza, fazer trilhas, enfim: despertar o seu lado mais aventureiro. O famoso – e belíssimo! – Monte Fitz Roy é certamente a estrela da cidade. Ele fica localizado no Parque Nacional Los Glaciares, na divisa com o Chile. Há diversas opções de trekkings para subir até a base do monte e deixamos abaixo as principais delas.

Assim como em Ushuaia, as trilhas por aqui são bem sinalizadas e você pode se virar bem solo, mas vale lembrar que existem guias disponíveis na cidade, que você pode contratar em uma das agências.

1. Laguna Torre

Com um total de 26 km (13km ida e volta), o trekking para a Laguna de Los Tres é o maior e mais exaustivo. O tempo e a distância botam medo, mas a peripécia não é impossível. Apesar das intempéries, com paciência você consegue completar o percurso. Devagar se vai longe, já diz o ditado.

Mais uma vez, vale reforçar a importância de levar pouco peso e estar com roupas adequadas e confortáveis. Esses cuidados farão toda a diferença no percurso e no sucesso da empreitada!

2. Laguna de los Tres

Para subir o até a base do Monte Fitz Roy, são 12 km de subida + 12 de descida e 8 horas de caminhada, via trilha para Laguna de los Tres! A trilha exige esforço pelo tamanho, mas não é impossível, tanto que é bastante procurado pelos visitantes. É um percurso tranquilo após o terceiro quilômetro de caminhada, apesar de longo.

3. Laguna Capri

El Chaltén

Foto: Alejandro Dau – Own work, CC BY-SA 4.0 (https://commons.wikimedia.org/w/index.php?curid=40662943)

É um dos trekkings mais curtos na região e não vai até o Monte Fitz Roy, embora você consiga avistá-lo da trilha. O percurso de 12km (ida e volta) termina ao chegar na Laguna Capri, no caminho para o famoso Monte.


Informações úteis sobre a viagem para El Chaltén

Para ajudar você a se organizar a viagem, selecionamos as principais informações e dicas, de viajante para viajante.

  • Como chegar em El Chaltén

A Mamute Júlia fez o percurso de ônibus a partir de El Calafate, cidade onde ela ficou baseada nesse trecho da viagem.

  • Quando visitar El Chaltén

A Mamute Júlia recomenda ficar mais que dois, porque nem todo dia o clima é tão bom. Às vezes não dá para ver o topo por conta da chuva e da neve, então é preciso tentar subir o Fitz Roy no dia seguinte. Além disso, como os trekkings mais procurados levam muitas horas, você certamente sairá pela manhã e só retornará no final da tarde ou à noite. Por isso, é fundamental dormir na cidade na noite anterior como também no dia da trilha. Se você quiser fazer mais trilhas, permaneça quantos dias forem necessários.

  • Preparação antes da viagem

Sendo El Chaltén essa cidade com passeios tão aventureiros, a dica do mamute é preparação antes da viagem. Quem leva uma vida sedentária, pode conseguir fazer os passeios (basicamente trilhas), mas com certeza sofrerá mais e ninguém quer viajar para não ficar bem, né? Além disso, outros toques importantes são melhorar a alimentação no período que antecede a viagem e fazer exercícios físicos para se habituar às trilhas – vale caminhada, academia, corrida…

  • O que levar na viagem

Roupas e calçados confortáveis (não leve roupas pesadas). Não esqueça de levar uma mochila bem preparada com coisas importantes que você precisará, em especial água e comida. Entretanto, leve o necessário na mochila para não ter sobrecarga de peso durante as trilhas. Veja aqui como fazer uma mala de frio compacta.

A gente conclui por aqui essa minissérie de três posts com as cidades da Patagônia que valem MUITO a pena conhecer e aventurar-se! Mas não paramos por aqui. O blog da Oficina de Inverno é constantemente atualizado e está recheado de conteúdo sobre vários cantinhos do mundo que são excelentes pedidas e merecem entrar na sua wishlist de viagem. Nós temos a nossa e sabemos que você certamente também! Qual será o próximo destino e a próxima aventura? Conte pra gente nos comentários!

Para continuar acompanhando as nossas dicas, siga o nosso perfil no Instagram. Basta por buscar por @oficinadeinverno.

Leave a Reply