Instagram

Instagram has returned invalid data.

Siga o Mamute!

Mamute Cultural

Cidades que são Patrimônio Mundial da Unesco na Europa

23 de novembro de 2016
Patrimônio Mundial na Europa

Todos os anos, cerca de 25 pontos turísticos em vários continentes consideradas como “valor universal excepcional” são adicionadas à lista de Patrimônio Mundial da UNESCO. Atualmente, há mais de mil locais para se visitar em todo o mundo. Esse título além preservar a região, contribui para a valorização, reconhecimento e divulgação da cultura desses povos ao longo do tempo. Uma boa opção de viagem nessas férias é conhecer um desses países e aproveitar as belezas e as inúmeras histórias que marcam a região. Por isso, nós listamos 11 pontos turísticos na Europa que estão na lista de Patrimônio Mundial da Unesco para você visitar neste inverno!

 Patrimônio Mundial na Europa

Conheça 11 dos locais considerados Patrimônio Mundial na Europa

 

1) Patrimônio Mundial: Acrópole (Grécia)

É possível fazer um passeio para a região a partir de Atenas à pé. Inscrita em 1987 ao título, a Acrópole de Atenas é a mais conhecida e famosa do mundo. Ela está localizada em uma colina rochosa de topo plano a 150 metros acima do nível do mar, e abriga duas das mais famosas edificações do mundo antigo, como o Partenon e o Erecteion. A Acrópole foi dedicada à deusa Atena, madrinha da cidade.

Patrimônio Mundial: Acrópole (Grécia)

Patrimônio Mundial: Acrópole (Grécia)
Foto: Wikicommos

2) Patrimônio Mundial: Cesky Krumlov, República Checa

Esta pitoresca aldeia está no topo da lista da maioria do viajantes ao passar pela República Checa em tour pela Europa. Inscrita ao título em 1992, Cesky Krumlov apresenta casas com arquitetura medieval gótica, renascentista, e barroca, e um dos principais destaques é o teatro barroco do castelo, integralmente conservado até hoje sem nenhum tipo de reconstrução. Além disso, é um ótimo ponto de encontro para conhecer viajantes de todo o mundo.

Patrimônio Mundial: Cesky Krumlov, República Checa

Patrimônio Mundial: Cesky Krumlov
Foto: HDRshooter

3) Patrimônio Mundial: São Petersburgo, Rússia

A antiga capital da Rússia imperial não só tem um grande significado na história russa, mas também é uma das cidades mais bonitas de todo o país. Cheia de manifestações culturais, São Pertersburgo tem seu centro histórico e monumentos como Patrimônio Mundial pela UNESCO. Ela é considerada a capital de cultura da Rússia, onde acontece dezenas de recitais, festivais e peças teatrais. São Petersburgo também é  lar do Hermitage, um dos maiores museus de arte do mundo.

Patrimônio Mundial: São Petersburgo, Rússia

Patrimônio Mundial: Vista de São Petersburgo

 

4) Patrimônio Mundial: Castelo de Kronborg, Dinamarca

A Dinamarca tem um total de 7 locais considerados Patrimônio Mundial da UNESCO e o Castelo de Kronborg foi inscrito ao título em 2000. O castelo, que fica há 1 dia de Copenhague, tem sido um dos mais importantes do Renascimento no norte da Europa, e também marca a história das Forças Armadas dinamarquesas. Kronborg é também conhecido pelas várias representações da peça Hamlet, famosa tragédia de William Shakespeare.

Patrimônio Mundial: Castelo de Kronborg, Dinamarca

Patrimônio Mundial: Castelo de Kronborg
Foto: VisitDenmark

5) Patrimônio Mundial: Mostar, Bósnia e Herzegovina

Mostar é uma cidade da Bósnia e Herzegovina famosa pela ponte velha do século XVI sobre o rio Neretva e o centro histórico. Ambos foram inscritos ao título em 2005, e a importância dela está na representação da ponte como esperança dos moradores para um futuro de paz entre croatas e muçulmanos.

Patrimônio Mundial: Mostar, Bósnia e Herzegovina

Patrimônio Mundial: Cidade de Mostar
Foto: trekearth

6) Patrimônio Mundial: Bryggen, Bergen, Noruega

Bryggen é uma linha de edifícios comerciais  em Bergen que ficou famosa pela perspectiva fotográfica emblemática. Ela foi inscrita como Patrimônio Mundia da Unesco em 1979 e  continua a atrair milhares de turistas ano após ano.

Patrimônio Mundial: Bryggen, Bergen, Noruega

Patrimônio Mundial: Bryggen

 

7) Patrimônio Mundial: Centro Histórico de Bruges, Bélgica

A pequena cidade de Bruges é, sem dúvida, um dos locais mais bonitos para se visitar na Bélgica. O centro histórico é, desde 2000, Patrimônio da Humanidade, por ser um excelente exemplo de assentamento medieval ao longo da história. Ele foi restaurado alguns anos atrás, e é bastante colorido.

Patrimônio Mundial: Centro Histórico de Bruges, Bélgica

Patrimônio Mundial: Centro Histórico de Bruges

8) Patrimônio Mundial: Cinque Terre, Itália

Inscrita como Patrimônio Mundial em 1997, o Cinque Terre é um acidentado trecho de terra, na costa da Riviera Ligure, Itália. Para chegar lá com certa facilidade, só de trem.  Além da vista impressionante do oceano, o ponto alto da região são as casinhas coloridas e iluminadas ao redor da montanha. Muito lindas e aconchegantes no inverno!

Patrimônio Mundial: Cinque Terre, Itália

Patrimônio Mundial: Região de Cinque Terre

 

9) Patrimônio Mundial: Centro Histórico de Cracóvia, Polônia

A região de Cracóvia é um cartão postal famoso da Polônia, sendo considerada uma das cidades as mais bonitas do país inteiro. O centro histórico se tornou Patrimônio da Humanidade em 1978 e está dividido em três zonas diferenciadas: a colina de Wawel, a cidade medieval de Cracóvia e o núcleo medieval de Kazimierz.

Patrimônio Mundial: Centro Histórico de Cracóvia, Polônia

Patrimônio Mundial: Centro Histórico de Cracóvia durante a noite

 

10) Patrimônio Mundial: Complexo do Castelo de Mir, Belarus

Belarus está a lista porque é um dos castelos mais famosos da Europa. Inscrito em 2000 como Patrimônio Mundial, o castelo foi construído em estilo gótico no século XV. Durante a era Napoleônica, sofreu grandes danos na estrutura e foi abandonado por quase 100 anos, ele foi reconstruído no século XIX.

Patrimônio Mundial: Complexo do Castelo de Mir, Belarus

Patrimônio Mundial: Complexo do Castelo de Mir
Foto: Panoramio

11) Patrimônio Mundial: Monastério de Rila, Bulgária

O Monastério é o maior e mais famoso da Igreja Ortodoxa na Bulgária. Ele está situado a noroeste dos montes Rila, ao sul da capital do país e foi inscrito como Patrimônio Mundial em 1983. O Monastério é considerado também o maior tesouro cultural, histórico e arquitetônico da  região.

Patrimônio Mundial: Monastério de Rila, Bulgária

Patrimônio Mundial: Monastério de Rila

 

Aproveite sua viagem de inverno e conheça um dos Patrimônios da Humanidade pela UNESCO. Na Europa existem centenas deles, com o objetivo de ressaltar as manifestações históricas, culturais e ambientais da população ao longo dos séculos. Para outras dicas de viagem para esse continente, confira posts anteriores aqui. E não esqueça de visitar o nosso iglu! Lá no site, você encontra roupas quentinhas e confortáveis para as viagens de inverno e muitas dicas sobre como se vestir no frio. ??

    Leave a Reply