Instagram

Siga o Mamute!

Europa

Parques Nacionais Europeus: Top 8 aventuras

30 de Janeiro de 2017

Você ama a natureza, florestas, lagos, flora,  fauna e vai viajar neste inverno em busca de aventuras? Vem conhecer alguns dos parques nacionais mais bonitos da Europa! Antes de começarmos, esqueça a multidão, as praias quentes, as cidades… porque no post de hoje vamos falar de mochilão e uma daquelas experiências únicas que te transformam como pessoa. Lembramos que para fazer as trilhas você precisa estar preparado, saber truques de sobrevivência e levar uma boa câmera para registrar o panorama incrível que esses lugares oferecem. Confira 8 dos parques nacionais europeus mais bonitos do continente!

Parques Nacionais Europeus:

Parques Nacionais Europeus: Aventura de inverno

 

1) Parques Nacionais Europeus: Plitvice Lakes, Croácia

O Parque Nacional dos lagos de Plitvice pertence à área de Karst Dinaric e devido à sua geologia específica, geomorfologia e hidrologia é realmente uma das mais impressionantes do mundo. As propriedades hidrológicas específicas da rocha permitiram a retenção de água nas rochas e um cenário único. Ele é um dos parques nacionais mais velhos do sudeste europeu e o maior da Croácia. Em 1979, o parque foi registrado como Patrimônio Mundial da UNESCO. Há bosques, lagos azuis, cascatas e abundância de aves e de ursos. Cerca de 1 milhão de turistas visitam a região todos os anos.

Parques Nacionais Europeus: Plitvice Lakes, Croácia

Parques Nacionais Europeus: Plitvice Lakes, Croácia

 

2) Parques Nacionais Europeus: Saxon Switzerland, Alemanha

As paisagens dramáticas e incomuns ficam no leste da Alemanha (não na Suíça, apesar do nome). A atração principal do parque é o Bastei, uma formação rochosa que se eleva a 194 metros acima do rio Elba. A trilha Malerweg é uma rota bem conhecida e a paisagem é famosa por inspirar inúmeros artistas. O parque também se estende até a República Checa. Hoje existem cerca de 400 km de trilhas para caminhadas, 50 km de trilhas para ciclismo e 755 escaladas com cerca de 12.600 possibilidades de rotas de escalada. O Parque Nacional é parte de uma região maior que serve como uma área de recreação perto de Dresden. No entanto, há projetos para aumentar a área protegida da região, o que diminuiria o acesso há algumas dessas rotas. O objetivo é para um bem maior: Preservar em 80% o Parque Nacional.

Parques Nacionais Europeus: Saxon Switzerland, Alemanha

Parques Nacionais Europeus: Saxon Switzerland, Alemanha

 

3) Parques Nacionais Europeus: Triglav, Eslovênia

O Parque Nacional Triglav (TNP) é o único parque esloveno. Ele foi nomeado em homenagem à Triglav,  montanha mais alta do país localizada no coração do parque. A montanha é um símbolo nacional, caracterizada no brasão nacional e na bandeira. Ele é uma bela extensão alpina no noroeste do país. Lá você explorar a região por meio de caminhadas, passeios de bicicleta, canoa ou à pé na água clara que reflete os picos em torno dele. Muitas cachoeiras podem ser encontradas no parque e a maioria deles estão localizadas nos vales do rio Soča e seus afluentes. A cachoeira mais alta é a Boka Falls (106 metros). Os lagos no parque são todos de origem glacial. O maior entre eles é o Lago Bohinj.

Parques Nacionais Europeus: Triglav, Eslovênia

Parques Nacionais Europeus: Triglav, Eslovênia

 

4) Parques Nacionais Europeus: Sarek, Suécia

A área de alta montanha do Parque Nacional Sarek se parece muito com os alpes e vales profundos. Ele faz parte da Área da Lapônia como Patrimônio Natural Mundial da UNESCO. A região mais conhecida é o vale Rapa com o seu magnífico delta e fauna riquíssima. Cerca de cem geleiras deram vida aos lagos, riachos rápidos de montanha e pequenas cachoeiras. Seis dos picos estão a uma altura acima de 2000 metros sobre o oceano.  Sarek não é de fácil acesso e as condições de terreno exigem muito fisicamente de quem vai fazer a aventura. Quem tem pouca experiência com mochilão desse tipo é aconselhado a acompanhar um guia, pois não há trilhas marcadas. A área recebe uma das chuvas mais pesadas na Suécia, fazendo algumas partes do parque serem dependentes das condições climáticas. É melhor ter cuidado!

Parques Nacionais Europeus: Sarek, Suécia

Parques Nacionais Europeus: Sarek, Suécia

 

5) Parques Nacionais Europeus: Gran Paradiso, Itália

O Gran Paradiso é um dos Parques Nacionais Europeus com proteção territorial das mais antigas nos Alpes. No verão, os visitantes podem caminhar até as montanhas, observando vistas únicas, e no inverno, os aventureiros aproveitam para esquiar. Quanto à fauna e flora, há uma variedade de aves e pequenos mamíferos que ficam soltos pradarias italianas. Os vales de Orco, Soana e Cogne são ótimas áreas para explorar, assim como as aldeias de casas tradicionais de pedra. Há uma vasta gama de acomodações na área – com abundância para aqueles que não gostam de camping – e as autoridades do parque também oferecem um serviço completo de guia.

Parques Nacionais Europeus: Gran Paradiso, Itália

Parques Nacionais Europeus: Gran Paradiso, Itália

 

6) Parques Nacionais Europeus: Oulanka, Finlândia

Na Lapónia, perto da fronteira russo-finlandesa, o Parque National de Oulanka é deslumbrante durante todo o ano. Ele foi fundado em 1956, sendo conhecido pelas renas e uma mistura de recursos naturais com plantas raras. A orquídea rosa e branca do calipso, emblema do parque, é extremamente rara em outros lugares, mas  comum em Oulanka. A trilha Karhunkierros é a trilha mais popular da Finlândia, com cerca de 80 quilômetros e oferece paisagens incríveis por meio de florestas e passarelas de madeira sobre os rios. Lá tem a opção de dormir em uma das cabanas de registro da rota. Há também rotas de canoagem através das corredeiras do rio Oulankajoki, bem como rotas mais fáceis e familiares rio abaixo.

Parques Nacionais Europeus: Oulanka, Finlândia

Parques Nacionais Europeus: Oulanka, Finlândia

 

7) Parques Nacionais Europeus: Ordesa, Espanha

Ordesa é o parque nacional mais antigo da Espanha, sendo considerado uma das áreas mais espetaculares da Europa e tombada pela UNESCO como Patrimônio Mundial em 1997. Ele é famoso pelos vales glaciares de três quilômetros de profundidade, todos chegando a um ponto no Monte Perdido, que possui trilhas para todos os níveis. A maioria das caminhadas começam no Pradera, um ponto de informação no vale de Ordesa, onde há um parque de estacionamento e parada de ônibus. O final de junho e início de julho são os melhores meses para ver a flora abundante do parque.

Parques Nacionais Europeus: Ordesa, Espanha

Parques Nacionais Europeus: Ordesa, Espanha

 

8) Parques Nacionais Europeus: Wadden, Dinamarca

O Parque Nacional do Mar de Wadden é o maior e mais novo da Dinamarca. É também um Patrimônio Mundial da UNESCO por causa da enorme importância ecológica, sendo o maior sistema ininterrupto do mundo de areia intertidal e planos de lama. O parque é uma viagem de um dia facilmente acessível a partir de cidades como Ribe, a mais antiga da Dinamarca, e Esbjerg. É uma coisa imperdível para se aproveitar na Dinamarca, e conta com habitantes fofíssimos: milhões de aves fazem seus ninhos na regiões.

Parques Nacionais Europeus: Wadden, Dinamarca

Parques Nacionais Europeus: Wadden, Dinamarca

 

Visitar um desses Parques Nacionais Europeus é uma aventura certa! Mas, devemos lembrar que é importante estar bem equipado e observar atentamente a região clicando no site oficial, colher o máximo de informações sobre as trilhas para não acontecer grandes imprevistos. Aproveite também o uso de guia, caso o parque ofereça. Confira também nosso post sobre os Parques Nacionais dos EUA e claro, outras super dicas de viagem clicando aqui. Mantenha-se bem aquecido usando nossas peças e acessórios de inverno disponíveis no Iglu. Divirta-se! ⛺❄

    Leave a Reply